Pular para o conteúdo principal

FINAL


No fim, 
todos são iguais.
Branco, preto,
pobre e rico,
os mesmos
rituais.

Poder,
dinheiro 
e fama,
se tornam
coisas 
banais.

Maquiagem 
e beleza,
só para 
não chocar
os demais.

O destino 
é o mesmo.
Status,
já não 
importa 
mais.

Autor: Wandermilton Souza Corrêa

POSTAGENS MAIS VISITADAS!

O AMOR

FUGINDO DE MIM

NADA ZEN

CAÇADORA DE CORAÇÕES

DESISTA

ENCANTADOR DE PALAVRAS

ALAZÃO DE FERRO

ERROS E ACERTOS

TERRÁQUEO

LIVRE ARBÍTRIO