Pular para o conteúdo principal

DESOLADO


Nas entrelinhas 

de um verso, 

perdido 

em pensamentos. 

Deparo 

comigo mesmo, 

desconhecido 

e desalento. 

Na busca insana 

por desejos 

e sonhos 

não conquistados. 

Deparo 

comigo mesmo, 

perdido e desolado. 

A solidão 

me consome. 

Nem as lágrimas 

Vem me visitar. 

O meu sorriso 

desapareceu 

e apagou 

o meu olhar. 

Mas cada palavra 

me traz mais certeza. 

Cada sorriso, 

me dá mais vontade. 

E entre o medo 

e o desejo, 

eu encontro você 

para me dar coragem. 



Autor: Wandermilton Souza Corrêa 

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS!

O AMOR

FUGINDO DE MIM

NADA ZEN

CAÇADORA DE CORAÇÕES

DESISTA

ENCANTADOR DE PALAVRAS

ALAZÃO DE FERRO

ERROS E ACERTOS

TERRÁQUEO

LIVRE ARBÍTRIO