Pular para o conteúdo principal

PERDIDOS


Perambulando pelas ruas
ou passeando pelas cidades.
Afogando suas amarguras
ou buscando felicidade.

Aflitos ou excitados,
em busca de sexo ou solução.
Para satisfazerem os desejos do corpo
ou os anseios do coração.

Perdendo a real razão.
E da vida os objetivos.
A procura de emoção
e prazeres para os sentidos.

Compensando suas agonias
no entorpecer das mentes.
Tornando-se cada vez mais frias,
esquecendo que ainda é gente.


Autor: Wandermilton Souza Corrêa

POSTAGENS MAIS VISITADAS!

O AMOR

FUGINDO DE MIM

NADA ZEN

CAÇADORA DE CORAÇÕES

DESISTA

ENCANTADOR DE PALAVRAS

ALAZÃO DE FERRO

ERROS E ACERTOS

TERRÁQUEO

LIVRE ARBÍTRIO