Pular para o conteúdo principal

LONE

Nesta imensa solidão,
tento algo escrever.
Se poema ou canção,
nem mesmo sei por que!

Olhando um papel em branco;
não consigo entender.
Quase me levo ao pranto,
nem mesmo sei por que!

Paro e reflito um pouco,
tentando compreender.
Será que fiquei louco,
nem mesmo sei por que!

Nada mais faz sentido,
escrevo até sem saber.
Provavelmente nunca será lido,
nem mesmo sei por que!


Autor: Wandermilton Souza Corrêa 

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS!

O AMOR

FUGINDO DE MIM

NADA ZEN

CAÇADORA DE CORAÇÕES

DESISTA

ENCANTADOR DE PALAVRAS

ALAZÃO DE FERRO

ERROS E ACERTOS

TERRÁQUEO

LIVRE ARBÍTRIO